quinta-feira, 10 de março de 2011

Deixa eu ser eu

Cala a boca e vê se me escuta,
cala a boca e deixa eu explicar,
você é bom demais pra ouvir meus argumentos?
Eu não estou sempre feliz,
nem sempre meu sorriso é verdadeiro,
as vezes eu desejo a sua morte,
as vezes eu desejo-te uma tragédia.
Algum dia eu acordei e me perguntei:
Por que você não tenta ser gentil?
Mas depois eu reformulei a pergunta:
Por que você não tenta me aceitar do jeito que eu sou?
As coisas seriam mais fáceis, não acha?
Seria mais fácil se você parasse de procurar em mim algo que nunca vai achar,
Nunca te disseram que as pessoas não são perfeitas?
Cala a boca e vê se para de gritar,
cala a boca e tenta ver o lado bom,
cala a boca e deixa eu ser eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário